Baki: uma review totalmente honesta

Olá amigos, como vão? Aqui é a viskaino, mas podem me chamar de Ana. Se quiserem saber mais sobre mim, cliquem no meu perfil ou leiam essa review que pode falar muito sobre a minha pessoa.

Enfim, esse é o meu primeiro post aqui no blog, e eu estarei falando sobre um anime que assisti recentemente chamado Baki.

Quero primeiramente dizer que essa não é uma review totalmente séria, mas sim honesta. Vai ter spoilers, palavrões e zoeira.

Dito isso, vamos lá!

Baki, o amarelão

Image result for baki
Os personagens do anime e uma vagabunda de shorts vermelho.

Baki é um anime shounen de ação e artes marciais lançado em 2018 com apenas 26 episódios onde todos os personagens são homens musculosos e com uma espécie de deformação no crânio. E, apesar de ser na verdade uma continuação de temporadas passadas, é possível assisti-lo independentemente.

É um anime com muita representação, onde temos personagens negros, russos, putas, baixinhos, gigantes, mudos, cegos, velhos caducos, e até mesmo um personagem com tendências homossexuais. É um mix de gente que são unidas por uma coisa em comum: porradaria da pesada.

Como eu conheci Baki…

Eu converso bastante com um amigo meu, o John Constantine, que inclusive escreve aqui pro blog. Nós conversamos sobre as coisas mais variadas, como a vida sexual de Bluezao até coisas mais sérias como os conceitos da vida. Em um desses dias, ele veio falar pra mim sobre Baki (como esperado do John, só falando sobre coisas envolvendo homens musculosos).

Sendo bem sincera agora, quando ele me contou sobre Baki, eu não tive muito interesse, justamente por já ter visto uns trechos no youtube sobre o anime. Eu tinha detestado o protagonista: ele tinha uma aparência irritante, e a personalidade dele não me agradava. Então, quando o John me falou sobre o anime, eu acabei tendo um pingo de vontade de ver. Mas um pingo bem pequeno mesmo.

Mas bem, lá estava eu em uma tarde tediosa e desesperadora, mexendo na Netflix em busca de algo interessante para assistir. Foi quando, por ironia do destino, eu passei por Baki.

Eu encarei a capa. Encarei os personagens, os músculos avantajados e as proporções totalmente reais dos personagens. Fiquei por um momento de dúvida se deveria ou não clicar. No fim, acabei dando a chance e assisti o primeiro episódio.

Foi aí que conheci Doyle e escutei a voz de Takehito Koyasu, o seiyuu que deu a voz de DIO em JoJo, e minha opinião mudou totalmente.

E assim, como uma pessoa que assiste Boku no Hero só para shippar casal gay, eu comecei a assistir Baki só para escutar a voz do meu Takehito novamente.

O começo

Related image
Baki fingindo que vai bater em alguém quando na verdade vai sumir o anime todo.

O anime começa com Baki (quase droppei olhando a cara dele de novo) em sua escola, e aí vemos o quanto ele é forte e bla bla bla. Enquanto isso, nós acompanhamos a escapatória da prisão de cinco presos condenados à morte. Cada um deles foge de uma forma absurda de prisões de alta segurança, fazendo coisas que um ser humano comum claramente nunca conseguiria fazer. Um deles chega a escalar 100 metros de altura em uma parede de concreto totalmente lisa.

Image result for death row inmate baki
A Trupe de Vagabundas e Doyle lindo

Apesar de estarem em países diferentes, os cinco fogem no mesmo intervalo de tempo com um objetivo em comum: ir para Tóquio, onde Baki está, e conseguirem realizar o desejo de “sentirem o gosto da derrota”. Com a apresentação que o anime faz, temos a impressão que eles são perto de invencíveis e vão fuder com o cuzinho do Baki (aí eu fiquei feliz).
Sinceramente, justamente o que me fez continuar assistindo era o hype pra saber o que iria acontecer, como caralhos alguém ia sequer conseguir parar um dos cinco.
Mas boy oh boy, como esse anime te engana. Quando você pensa que vai rolar uma porradaria louca contra o Baki, nos é apresentado personagens das temporadas antigas que haviam perdido para o Baki em um torneio (junto com flashbacks bem curtos).
Serão esses personagens que vão meter a porrada nos vilões enquanto o Baki foge para ter um romance nada romântico com sua namorada Kuzue (outra personagem que não sou fã).

Basicamente, a expectativa que o anime criou de os vilões serem invencíveis é jogada no lixo enquanto eles só conseguem bater nos personagens mais fraquinhos e são totalmente humilhados e espancados (outros são feitos de putinha) pelos personagens principais.

OS PRISIONEIROS

Spec

Olha esse crânio deformado.

Em primeiro lugar, temos o Spec, que quer muito fuder com a vida do Baki e espancar o garoto. Ele sempre tá com essa carinha sorridente de psicopata, mas não se deixem enganar; ele é um velho de mais de 70 anos que se passa por mais novo (twitter vibes).
Apesar de ele ter uma personalidade até que agradável para um vilão forte, ele na verdade é bem fraquinho e só tem cara de brabo mesmo.
Ele é o primeiro dos prisioneiros a rodar a baiana e apanhar por um dos personagens.

Dorian

Image result for dorian baki
Look de mendigo 10/10.

Em segundo lugar, temos Dorian, um dos únicos prisioneiros que realmente sabe uma arte marcial. Ele é um velho até que bem forte, mas foi causar um caos na Shinshinkai (uma espécie de organização de Karate, boa parte dos protagonistas são dela), e foi completamente rodado. Ficou tão em choque com a derrota que virou um velho caduco e chorão.

Sikoroskrsky (não sei escrever)

Image result for sikorsky baki
A putinha loira

O anime todo eu vivia esquecendo o nome dele. Por isso, decidi chamá-lo de PUTINHA, pois acho que combina com esse personagem.
O putinha é um personagem bem carente, que quer ter o máximo de atenção possível. Ele se acha e fica arranjando confusão com todo mundo, sendo aquele tipo de pessoa inconveniente. Resultado: ele vira a putinha mais rodada do anime, competindo com a Kuzue pra ver quem mais levou pau no anime inteiro.

Yanagi

Image result for yanagi baki
Tu existe?

Logo em seguida temos o Yanagi, que eu esqueci que existia até o final do anime. Ele é o único dos prisioneiros que chega a bater no Baki, o deixando hospitalizado com LIGMA.

Doyle ♥

Related image
Rainha

Por fim temos o melhor personagem do anime, Doyle Brando, digo, o Doyle. Pra ele, não tem essa de orgulho na luta não; ele usa arma mesmo e foda-se. Ele dá um pau em personagens mesmo sem saber nenhuma arte marcial, sem falar que tem uma voz maravilhosa.
Não sabemos muito sobre ele, dando certo mistério pro personagem. Vemos pequeno desenvolvimento nele, mas isso já é o bastante para eu amar ele. Ele é, depois do putinha, o mais rodado pelos personagens de Baki. Entretanto, diferente do Sikorskrsrksy, ele não admite derrota mesmo quando apanha, apanha e apanha. Se você não gostar dele depois da luta contra o Retsu, aí você tem sérios problemas.

OS PERSONAGENS

Hana na sua Yama

“Alguém me dá falas, por favor” – seiyuu do Hanayama

Primeiramente temos o yakuza que talvez tenha realmente saído da franquia de Yakuza, o Hanayama. Eu tenho dó de quem o dublou, porque apesar de ele ser um dos protagonistas, ele recebe mais falas do que um morto. Isso mesmo, quase nenhuma.

O Hanayama é um cara intolerante a dor e tem tendencias sadomasoquistas. É ele quem mete a porrada no Spec, e depois dá uma passadinha pra ver o Baki e causar uma DR com a namorada dele, falando que ia oferecer prostitutas para o Baki se ele quisesse. Enfim, um gentleman.

Retsu

Faz cara de braba mas é o personagem mais doce que tem.

Em seguida temos Retsu, meu segundo personagem favorito. É ele quem mete a primeira surra no Doyle, mas no processo ele acaba se apaixonando pelo ruivinho e fracassa miseravelmente em derrotá-lo. No fim ele chega a atravessar um rio pra levar o crush pro hospital.

Orochi

Image result for doppo orochi
Outro que tem cara de brava mas é um docinho.

O Orochi é o fundador e diretor da Shinshinkai, é um cara super gente boa, o paizão da galera. Se mexer com o pessoal dele, vai levar tapão na cara. Inclusive é ele quem dá uma surra no Dorian.

Shibukawa

Olha esse cabelo de microfone.

Também temos o Shibukawa, um cara chato pra caralho que é conhecido do Yanagi (tinha que ser), vivia esquecendo que ele existia no anime.

Kuzue

Image result for kozue baki
“Tem como ele só comer meu cu?” -Kozue pensando sobre Baki

Também temos a KUzue, a namoradinha do Baki. Ela era muito mais bonita no anime antigo, mas agora tá parecendo uma mulher de 30 anos se vestindo de estudante.

Ela quem tem o romancinho chato com o Baki, e tudo que ela queria era dar sua baby consuelo para o namorado, mas aí vem o Hanayama e oferece prostitutas para o Baki em sua frente. É aí que acontece a melhor cena do anime: ela bate no Hanayama, chamando-o de mudinho, mandando-o pra casa do caralho.

Babaki

Image result for baki
Sai da minha frente, garoto ridículo.

E finalmente o protagonista, Baki. Acho que não disse isso antes, mas eu odeio ele. Tipo muito mesmo.

O Baki é um frouxo, apesar de ser o cara que bateu em todos os personagens acima (sim a Kuzue se inclui nisso) ele não tem nenhuma luta digna no anime todo e ainda se recusa a dar o próximo passo pra atender os desejos sexuais da namorada. Eu diria que a namorada dele lutou mais do que ele no anime todo.

Enfim, depois de uns 20 episódios, o Baki finalmente abusa da larissinha de Kuzue. E Jesus, não foi pouco não. Parece que o corpo do Baki não é só anormal pra força, se é que me entendem.

Não sei quem sofreu mais: Erina Pendleton ou a Kuzue.

Depois do longo ato de procriação, Baki se torna um novo homem. Sua filosofia muda, ele fica mais sério e bla bla bla. Enfim, poder do amor verdadeiro. O cara fica tão forte depois disso que chega a dar uma surra no Yanagi e no Putinha juntos. Mas isso não dura muito tempo não, pois o Baki FOGE, isso mesmo, na primeira luta que ele poderia se redimir pra mim, ele FOGE.
Enfim, acontece que nessa mini batalha contra os dois, ele tomou uns tapa do Yanagi e infelizmente pegou Ligma.

Yujiro Hanma

Related image
Caralho que bicho feio.

E por fim, temos o pai do Souma Baki, o Empata Foda do Filho Yujiro. Ele é simplesmente o personagem mais forte do anime, isso confirmado por todos os personagens. Ele vive se intrometendo nas coisas, botando o nariz onde não é chamado, e ao invés de ajudar a derrotar os prisioneiros, ele fica assistindo o pessoal se fuder.

Conclusão

Brincadeiras à parte, Baki é um anime bem divertido se o que você busca é algo básico, não tem realmente uma história ou personagens profundos, tudo sendo bem focado nas luta. Se tudo que você quer é passar tempo assistindo uns personagens musculosos se batendo, esse é o anime.

Enfim, espero que tenham se divertido lendo essa review, porque eu certamente me diverti escrevendo ela.

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s